Buscar
  • Freitas Engenharia

A importância dos sistemas preventivos contra incêndio

Atualizado: Jul 28


O CBMSC (Corpo de Bombeiros Militar de Santa Catarina) estabelece instruções normativas para garantir a prevenção contra incêndio nas edificações (condomínios, comércios, industriais, fabricas, entre outras edificações) visando a proteção de vidas e patrimônios, pois ambos têm um grande valor.


O que são as Instruções Normativas?

As IN (Instruções Normativas) determinam os locais adequados dos equipamentos e quais sistemas preventivos contra incêndio cada edificação deverá conter para a melhor segurança.


Confira sistemas básicos utilizados em quase todas edificações, os chamados “Sistemas Vitais”:


Extintores de incêndio

São utilizados para o combate de pequenos focos de incêndio, evitando que as labaredas se alastrem e o fogo se propague pelo interior da sua edificação.

Existem alguns tipos de extintores definidos de acordo com a área onde o mesmo fica instalado, para que de tal modo tenha uma excelente eficácia, onde quem define os mesmos são os profissionais devidamente credenciados no CREA em seus PPCI (Projeto Preventivo Contra Incêndio).


Luminárias de emergência

São utilizadas em áreas fechadas e cobertas para que em caso de sinistro de incêndio os ocupantes da edificação tenham um ambiente clareado mesmo com a fumaça e falta de energia causada pelo incêndio.

Temos três tipos padrões de luminárias: 30 led (instaladas em lugares planos e escadas) e temos os blocos autônomos que variam a força de acordo com a área a ser coberto pelo feixe de luz (instalados em locais com altura superior a 4,0 metros).



Sinalização de abandono de local

São utilizadas nas áreas fechadas e cobertas para que em caso de sinistro de incêndio os ocupantes da edificação tenham indicação do local das saídas de emergência em caso de incêndio causando fumaça no ambiente e falta de energia.


Há uma variedade de sinalização de abandono de local:

As fotos luminescentes (placas claramente natural), as autônomas com bateria acoplada (placas com iluminação através das baterias), entre essas existem alguns modelos dependendo do local a ser instalada definidas por um profissional devidamente credenciado no CREA em seus PPCI (Projeto Preventivo Contra Incêndio).


Esses sistemas vitais precisam de um laudo anual para atestar a funcionalidade correta, para que de tal modo em caso de incêndio não ocorra o mal funcionamento causando mortes na edificação ou até mesmo perda de bens materiais.


Para sua edificação estar em dia com o CBMSC (Corpo de Bombeiros Militar de Santa Catarina) é necessário após os laudos anuais em dia, cuidar da parte burocrática do atestado de funcionamento (este também tem validade anual).


Todos esses sistemas e prevenções acima, devem ser acompanhados por um profissional devidamente credenciado no CREA para que haja um sistema seguro.


Leia mais. Busque por temas:

#prevencaocontraincendio #engenharia #extintoresdeincendio #incendio #sinalizacaodeincendio #luminariadeincendio #instrucoesnormativas

37 visualizações